23 de novembro de 2010

A loira e o advogado...

A loira e o Advogado estão sentados lado a lado num vôo de São Paulo para Belém.
O advogado pergunta a loira se ela não quer participar de um joguinho interessante.
A loira, muito cansada, diz que só quer dar um cochilo, agradece educadamente e se vira para a janela na intenção de tirar uma soneca.
O advogado insiste e diz que o joguinho é fácil e muito divertido.
Ele explica:

- Eu faço uma pergunta e, se você não souber a resposta, me paga R$ 5,00 e vice-versa.

Novamente ela declina a cabeça e tenta dormir um pouquinho.
Mas, o chato insiste:

- OK...se você não souber a resposta me paga R$ 5,00 e se eu não souber a resposta, te pago R$ 5.000,00.

Isso chamou a atenção da loira, que, pensando que esse tormento não terminaria enquanto ela não participasse da brincadeira, decidiu concordar.
O advogado fez a 1ª pergunta:

- Qual a distância exata entre a terra e a lua?

A loira não disse uma palavra, abriu a bolsa, pegou uma nota de R$ 5,00 e entregou ao advogado.

- Ok...é a sua vez - disse ele, sorridente.

A loira então pergunta:

- O que é que sobe a montanha com 3 pernas e desce com 4 pernas?

O advogado, desconcertado, pega o seu laptop e pesquisa todas as referências sem obter nenhuma resposta.
Pega o telefone do avião(airphone) e conecta em seu modem, procura em todos os bancos de dados e bibliotecas possíveis, sem obter nenhuma resposta.
Frustrado, manda e-mail para todos os seus amigos e colegas de tabalho/profissão, sem nenhum sucesso.
Após uma hora de pesquisa, ele pega R$ 5.000,00 e entrega a loira que agradece e se vira para o lado para uma soneca.

O advogado, muito mal-humorado, cutuca a loira e pergunta:

- Muito bem, O que é que sobe a montanha com 3 pernas e desce com 4 pernas?

Sem dizer uma palavra, a loira abre a bolsa, entrega R$ 5,00 ao advogado e volta a dormir.

6 grandes verdades...

1ª Verdade:
Ninguém consegue tocar em todos os dentes da boca com a língua.

2ª Verdade:
Todo retardado, depois de ler a 1ª verdade, tenta tocar com a língua em todos os dentes que tem na boca.

3ª verdade:
Descobre que a 1ª verdade é mentira.

4ª Verdade:
Começa a sorrir, porque concorda que é retardado.

5ª Verdade:
Tá pensando pra quem vai enviar essas verdades.

6ª Verdade:
E continua com o sorriso de retardado na cara ? Fala sério, vc tocoua língua nos dentes, né?

22 de novembro de 2010

Significado da palavra Anfitrião

VOCÊ SABIA DESTA???.

SIGNIFICADO DA PALAVRA ANFITRIÃO:

Na mitologia grega, Anfitrião era marido de Alcmena, a mãe de Hércules.
Enquanto Anfitrião estava na guerra de Tebas, Zeus tomou a sua forma para deitar-se com Alcmena, e Hermes tomou a forma de seu escravo, Sósia, para montar guarda no portão.
Com a gravidez de Alcmena, uma grande confusão foi criada, pois evidentemente, Anfitrião duvidou da fidelidade da esposa.
No fim, tudo foi esclarecido por Zeus e Anfitrião ficou contente por ser marido de uma mulher escolhida do deus.
Daquela noite de amor nasceu o semideus Hércules.
A partir daí, o termo anfitrião passou a ter o sentido de "aquele que recebe em casa".

Portanto, ANFITRIÃO é sinônimo de

CORNO MANSO e FELIZ!


RESUMINDO: QUANDO DISSEREM QUE VOCÊ É


UM BOM ANFITRIÃO, FIQUE DE ORELHA EM PÉ.

10 de outubro de 2010

Pérolas do tribunal

Advogado : Qual é a data do seu aniversário?
Testemunha: 15 de julho.
Advogado : Que ano?
Testemunha: Todo ano.
______________________________________________

Advogado : Essa doença, a miastenia gravis, afeta sua memória?
Testemunha: Sim.
Advogado : E de que modo ela afeta sua memória?
Testemunha: Eu esqueço das coisas.
Advogado : Você esquece... Pode nos dar um exemplo de algo que você
tenha esquecido ?
_______________________________________________

Advogado : Que idade tem seu filho?
Testemunha: 38 ou 35, não me lembro.
Advogado : Há quanto tempo ele mora com você?
Testemunha: Há 45 anos.
______________________________________________

Advogado : Qual foi a primeira coisa que seu marido disse quando acordou aquela manhã?
Testemunha: Ele disse, 'Onde estou, Bete?'
Advogado : E por que você se aborreceu?
Testemunha: Meu nome é Célia.
______________________________________________

Advogado : Seu filho mais novo, o de 20 anos...
Testemunha: Sim.
Advogado : Que idade ele tem?
_____________________________________________

Advogado : Sobre esta foto sua... o senhor estava presente quando ela foi tirada?
_______________________________________________

Advogado : Então, a data de concepção do seu bebê foi 08 de agosto?
Testemunha: Sim, foi.
Advogado : E o que você estava fazendo nesse dia?
_______________________________________________

Advogado : Ela tinha 3 filhos, certo?
Testemunha: Certo.
Advogado : Quantos meninos?
Testemunha: Nenhum
Advogado : E quantas eram meninas?
_______________________________________________

Advogado : Sr. Marcos, por que acabou seu primeiro casamento?
Testemunha: Por morte do cônjuge.
Advogado : E por morte de que cônjuge ele acabou?
_______________________________________________

Advogado : Poderia descrever o suspeito?
Testemunha: Ele tinha estatura mediana e usava barba.
Advogado : E era um homem ou uma mulher?
_______________________________________________

Advogado : Doutor, quantas autópsias o senhor já realizou em pessoas mortas?
Testemunha: Todas as autópsias que fiz foram em pessoas mortas...
_______________________________________________

Advogado : Aqui na corte, para cada pergunta que eu lhe fizer, sua resposta deve ser oral, Ok? Que escola você freqüenta?
Testemunha: Oral.

_______________________________________________

Advogado : Doutor, o senhor se lembra da hora em que começou a examinar o corpo da vitima?
Testemunha: Sim, a autópsia começou às 20:30 h.
Advogado : E o sr. Décio já estava morto a essa hora?
Testemunha: Não... Ele estava sentado na maca, se perguntando porque eu estava fazendo aquela autópsia nele.

_______________________________________________

******* Essa é a melhor ********



Advogado : Doutor, antes de fazer a autópsia, o senhor checou o pulso da vítima?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor checou a pressão arterial?
Testemunha: Não.
Advogado : O senhor checou a respiração?
Testemunha: Não.
Advogado : Então, é possível que a vítima estivesse viva quando a autópsia começou?
Testemunha: Não.
Advogado : Como o senhor pode ter essa certeza?
Testemunha: Porque o cérebro do paciente estava num jarro sobre a mesa.
Advogado : Mas ele poderia estar vivo mesmo assim?
Testemunha: Sim, é possível que ele estivesse vivo e cursando Direito em algum lugar !!!

26 de agosto de 2010

Mentes Brilhantes

Professor: O que devo fazer para repartir 11 batatas por 7 pessoas?
Aluno: Purê de batata, senhor professor!

Professor: - Joaquim, diga o presente do indicativo do verbo caminhar.
Aluno: - Eu caminho... tu caminhas... ele caminha...

Professor: - Mais depressa!
Aluno :- Nós corremos, vós correis, eles correm!

Professor: "Chovia" que tempo é?
Aluno: É tempo muito mau, senhor professor.

Professor: Quantos corações nós temos?
Aluno: Dois, senhor professor.
Professor: Dois!?
Aluno: Sim, o meu e o seu!

Dois alunos chegam tarde à escola e justificam-se:
O 1º Aluno diz: - Acordei tarde, senhor professor! Sonhei que fui à Polinésia e a viagem demorou muito.
O 2º Aluno diz:  - E eu fui esperá-lo no aeroporto!

Professor: Pode dizer-me o nome de cinco coisas que contenham leite?
Aluno: Sim, senhor professor. Um queijo e quatro vacas..

Um aluno de Direito a fazer um exame oral: O que é uma fraude?
Responde o aluno: É o que o Sr. Professor está a fazer.
O professor muito indignado: Ora essa, explique-se...
Diz o aluno: Segundo o Código Penal comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para o prejudicar!

Professora: Maria, aponte no mapa onde fica a América do Norte..
Maria: Aqui está.
Pofessora: Correto. Agora turma, quem descobriu a América?
Classe: A Maria.

Professora: Artur, a tua redação "O Meu Cão" é exatamente igual à do seu irmão. Você copiou?
Artur: Não, professora. O cão é que é o mesmo.

Professor: Bruno, que nome se dá a uma pessoa que continua a falar, mesmo quando os outros não estão interessados?
Bruno: Professor.